TRÊS "MÁXIMAS" PARA QUEM ESTUDA CABELOS (E SABE FAZER ELES CRESCEREM)

24.08.18, essa foi a data do último texto que escrevi para o Blog Tricologia Médica... 1 ano e 4 meses depois, retorno e agora firmando um compromisso com vocês, que dizem sentir falta da minha presença por aqui: 1 texto por mês, no mínimo!
Estarei mais próxima em 2020, sempre trazendo para o blog Tricologia Médica as novidades da comunidade científica, desmistificando as baboseiras que surgem a todo tempo e me posicionando frente às constantes polêmicas que envolvem o universo dos CABELOS!
Para encerrarmos 2019, três "máximas" 
#1 A saúde dos cabelos passa pela saúde do couro cabeludo. 
Saúde do couro cabeludo tem tudo a ver com homeostase. Para o couro cabeludo, cosméticos que favoreçam a lubrificação natural (e, consequentemente, seu efeito barreira), a manutenção do pH e o microbioma vão ao encontro do conceito de homeostase. Para a fibra capilar, o movimento de low poo, inicialmente aplicado apenas para cabelos crespos ou cacheados buscando à manutenção da lubrificação natural, foi extrapolado para todos os tipos de cabelo e a tendência é limpar com suavidade. 
#2 A inflamação está presente em 90% das disfunções capilares.
Nesses casos, controlar a inflamação deve ser o primeiro passo do tratamento capilar. Temos muitos recursos anti-inflamatórios. Os que mais uso, gosto e indico são: laser de baixa potência, terapia com óleos vegetais + óleos essenciais, suplementos à base de anti-inflamatórios naturais, como os ômegas e os dermocosméticos enriquecidos com fitoingredientes. 
#3 O microbioma capilar precisa ser preservado.
Falamos muito em 2019 sobre microbioma e seguiremos falando em 2020, pois este assunto está longe de ser esgotado. Viemos de uma era onde ser "antimicrobiano" era tudo o que queríamos (lembre dos sabonetes que eliminam 99,9% das bactérias e fungos da superfície da pele e corra deles) para agora entrarmos na era de manutenção do microbioma. "Matar a bicharada" de uma forma indiscriminada mais prejudica do que ajuda. Precisamos seguir estudando os melhores ativos (e suas concentrações) para que a homeostase não seja rompida no que diz respeito ao microrganismos que habitam nosso couro cabeludo e que nos protegem de outros.

Feliz em estar de volta!
Beijos e abraços,

Profa. Dra. Tatiele Katzer

Observação: Se você me lê pela primeira vez, permita-me uma breve apresentação.
Sou uma pessoa curiosa e questionadora por natureza. Me apaixonei por cabelos há uns 7 anos atrás e o blog Tricologia Médica foi meu companheiro de muitas horas. Li TODOS os textos que o Dr Ademir havia escrito aqui e nunca imaginei que estaria dividindo com ele este espaço. Sou tricologista pela International Association of Trichologists, farmacêutica, pós graduada em Estética, Mestre em Ciências Farmacêuticas e Doutora em Nanotecnologia Farmacêutica. Estudei durante 4 anos e meio, no meu doutorado, os efeitos do laser de baixa potência associados a um derivado botânico nanoencapsulado no crescimento capilar. Sou professora universitária em Santa Cruz do Sul, na UNISC, junto aos cursos de Biomedicina e Estética e Cosmética, conduzo cursos online e presenciais do CAECI, sou conselheira e professora da Academia Brasileira de Tricologia (ABT) e ando Brasil afora aos finais de semana ministrando aulas em pós graduações com um foco: CABELO, sua saúde, doenças e tratamentos.
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook