PERGUNTAS IMPORTANTES FEITAS APÓS A LIVE DE ALOPECIA ANDROGENÉTICA

Resultado de imagem para inflammation and free radicals
Fonte da Imagem: Kehrer JP, Clin Rev Toxicol
Ontem, dia 11 de Julho, fiz uma live sobre alopecia androgenética no Instagram. Após a live recebi muitas perguntas sobre alguns assuntos tratados ali, dois em especial merecem grande atenção, Vamos a eles:
1- O que os radicais livres têm a ver com a alopecia androgenética? 
A resposta, para ser breve, é que o aumento da produção de radicais livres em qualquer tecido pode levar ao estresse oxidativo que vai, com o passar do tempo, interferir na função do folículo piloso e, com isso, modificar o padrão de crescimento capilar, favorecendo um menor crescimento dos cabelos. O uso de antioxidantes para combater os radicais livres é importante para melhorar a saúde do corpo como um todo e prevenir doenças, e isso vale também para os cabelos. Essa postura que já adotamos há muito tempo nas clínicas onde trabalho, tem sido motivo de resultados mais efetivos nos tratamentos da alopecia androgenética. Eu, como médico, tendo estudado muito a atividade de vitaminas, minerais e compostos bioativos, tenho minhas preferências de prescrição e tento seguir uma rotina de cuidados rigoroso neste contexto dos cuidados capilares.
2- Por que devo me preocupar tanto com a inflamação? 
Essa resposta, que foi explicada ao menos duas vezes na live pode ser repetida aqui para deixar o tema bem claro. A inflamação presente nos pacientes com alopecia androgenética é resultado do mesmo mecanismo que leva ao comprometimento do crescimento capilar (mediada por hormônios), mas pode ser somada a outros mecanismos inflamatórios que envolvem o estilo de vida do próprio paciente (ex. frequência de lavagem, tipo de cosméticos utilizados, temperatura da água, padrão alimentar, fumo, excesso de consumo de álcool, problemas de saúde de outros sistemas corporais e até mesmo o estresse da vida). O combate à inflamação é mais um tema que vem sendo intensamente sugerido para meus pacientes por mim e por minha equipe. É algo que tem um papel fundamental para alavancar resultados nos cuidados com a alopecia androgenética.
Vale reforçar aqui que essas duas vertentes de cuidados servem para quadros androgenéticos tanto para homens como para mulheres. E a experiência adquirida em anos de prática ao combate à inflamação e aos radicais livres na alopecia androgenética me permite afirmar que essas vias são parte de muita satisfação que tenho visto em meus pacientes. 
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook