INTOXICAÇÃO E QUEDA CAPILAR - QUAIS OS AGENTES RECONHECIDAMENTE CAUSADORES DESSE PROBLEMA

Há anos estudo queda capilar difusa e leio sobre alguns elementos que por intoxicação podem causar perda de cabelos. Em Janeiro deste ano uma revisão sistemática de literatura apresentou um conjunto de substâncias conhecidas que podem causar alopecias por exposição excessiva ou intoxicação. Foram ao todo 856 artigos analisados com a inclusão de 47 na revisão. 
O resultado foi o reconhecimento de que alguns produtos costumam ser fortemente associados com perdas capilares como o tálio, o selênio, o mercúrio e a colchicina. Vale lembrar que selênio e colchicina são utilizados como suplemento ou medicamento, respectivamente, o que os coloca dentro do contexto de exposição excessiva. 
Casos que citam queda de cabelo após excesso ou intoxicação incluem ácido bórico, o arsênico, a vitamina A e a toxina botulínica. Outros ingredientes também apareceram como causadores de incidentes de intoxicação.  
Há uma certa variação entre os dados que justifiquem a conclusão de que um determinado composto pode desencadear alopecias. Apesar disso, há uma enormidade de agentes tóxicos que parecem estar associados a esse tipo de situação. 
Drogas de uso recreativo e a toxina bonutílica, apesar de serem citados como possíveis causadores de alopecias, não têm doses tóxicas estabelecidas, diferentemente do que se sabe sobre o tálio e a colchicina. O tálio, presente em venenos de rato costuma estar associado ao envenenamento criminoso ou ao suicídio. Também pode ser encontrado como um contaminante da heroína. 
A intoxicação por produtos tóxicos pode ser diagnóstico diferencial de certos tipos de alopecias difusas e não pode ser descartada quando se reconhece o contato com o agente intoxicante ou o excesso de uso do mesmo. Em casos em que se suspeita de tentativa de suicídio ou de envenenamento, reconhecer o agente utilizado colabora com a melhor compreensão do evento causador da queda capilar. 
Alguns agentes intoxicantes frequentes em nossas vidas já foram discutidos no texto Inflamação do Couro Cabeludo e sua importância em Tricologia e Terapia Capilar (clique no nome do texto para acessa-lo). Apesar disso, há muitos outros que estão presentes em nosso entorno e que têm papel importante na nossa saúde e na saúde de nossos cabelos. Compostos presentes em cosméticos e xenobióticos são exemplos de substâncias que podem interferir na perda capilar ou agravar alopecias que já existiam previamente. 

Referência:
Yu V, et al. Alopecia and Associated Toxic Agents: A Systematic Review. Skin Appendage Disorders. 2018. DOI: 10.1159/000485749.

SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook