ATENDIMENTOS DAS SEMANAS DE IMERSÃO DA INTERNATIONAL ASSOCIATION OF TRICHOLOGISTS E MAIS INFORMAÇÕES SOBRE ESSA CERTIFICACÃO

Atendimento de voluntários na Imersão da
Turma 1 de Outubro 2018
Uma das principais características da semana de Imersão do curso de Certificação Internacional em Tricologia da International Association of Trichologists (IAT) é sua característica interdisciplinar. 
Tal como nas discussões das equipes multidisciplinares que participei entre 2005 a 2008, quando estava estudando problemas dos cabelos em pacientes bariátricos no  HCFMUSP, junto com a equipe do Dr Arthur Belarmino Garrido Jr,  o ganho na discussão era todo voltado ao paciente que receberia, a partir das análises do grupo de profissionais da equipe, a melhor abordagem de cuidados para ele. Naquela época assistentes sociais, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e médicos conversavam sobre abordagens  sinérgicas e vetorizadas para beneficiar os pacientes com obesidade mórbida e suas orientações para o período que precedia e que se seguia á cirurgia de redução de peso.
Em um curso que realizamos na Academia Brasileira de Tricologia, em 2013, convidamos a psicóloga e professora Rita Macieira, que foi presidente da Sociedade Brasileira de Psico-Oncologia, para falar sobre o quanto resultados frutos da interdisciplinaridade costumam ser mais efetivos em todas as áreas da saúde. A palestra da professora Rita foi um grande marco para a ABT e um guia para o trabalho em Tricologia e Terapia Capilar que começamos a fazer. Também serviu de moldes para o formato de Imersão do treinamento clínico da IAT.
Na Imersão da IAT profissionais de diversas formações em saúde avaliam e elaboram estratégias de tratamentos para pacientes/voluntários que tem problemas dos cabelos e do couro cabeludo, num trabalho social que permite que pessoas que não tem condições de serem tratadas possam se beneficiar com este atendimento.
Sendo este o principal foco da Imersão, tivemos a oportunidade de ver casos diversos e com diferentes complexidades que enriqueceram não apenas ao grupo como a mim mesmo.
Acabamos por escolher sempre uma grande variedade de problemas dos cabelos e do couro cabeludo para atender. Isso também faz com que as análises fiquem amplas. Foram muitos os casos. Vimos alopecias fibrosantes frontais, foliculites decalvantes, alopecias areatas em placas e total, casos de tricotilomania, de dano à fibra provocado pela abuso de colorações, lupus, eflúvios, alopecias androgenéticas, psoríases, epidermólise bolhosa, dermatites de couro cabeludo de causas variadas.
Ao final dos atendimentos, aplicávamos nosso tempo e conteúdo de tricologia para desenvolver assuntos de relevância. Seminários, discussões de artigos, participação de convidados que traziam novas técnicas e agregavam conhecimentos práticos a todos os participantes.
Eventualmente algumas discussões ficavam mais intensas e se faziam necessárias. Casos difíceis tinham que ter o conteúdo de suas patologias melhor desenvolvidos e travávamos longas conversas sobre a teoria por trás da doença.
Confraternização final com os participantes da
Turma 2 da Imersão de Outubro de 2018
Tudo isso feito com muito carinho e cuidado com quem estava ali doando seu tempo para ser atendido pelos participantes e receberem uma orientação medicamentosa e de procedimentos que eu e a equipe da Clínica HTRI trataremos de acompanhar e cuidar a partir de agora.
E lembrando que essa semana é apenas uma parte de todo o curso de Certificação Internacional em Tricologia, que acompanha um conjunto de livros e em torno de 9 encontros que acontecem 1 vez ao mês e que devem preceder a semana de imersão. Nesses encontros temos aulas de toda a temática da tricologia, incluindo assuntos que são exclusivamente ministrados no curso da IAT aqui no Brasil como: Psicossomática em Tricologia, Nutrigenônica, Tricologia Integrativa e Bases alisantes das químicas capilares, esta última, tendo em vista o cenário de risco de alguns produtos que o mercado brasileiro lida e tem dificuldade de banir.
A Imersão termina com uma prova para aqueles que se sentem a vontade para fazê-la já no último dia de imersão. A prova final para certificação da IAT só é feita quando se cumpre toda a parte teórica e prática do curso, mas o aluno pode optar por realizar a prova até 6 meses após finalizar todas as faes do curso. O aluno aprovado receberá o Certificado Internacional de Tricologia pela IAT, instituição que nasceu em 1974 na Califórnia, cuja sede atualmente está localizada na Austrália e que está presente em países de todos os continentes.
Sejam bem vindos à IAT!


SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook