PESSOAS QUE SOFREM DE QUEDA CAPILAR SE INCOMODAM MUITO COM O PROBLEMA

Venho postando informações sobre um projeto em que tenho trabalhado chamado FALE SOBRE SUA QUEDA CAPILAR, cujos resultados vem sendo apresentados na medida que os voluntários da pesquisa aumentam com o passar do tempo. Os resultados iniciais foram apresentados com 75 voluntários no World Congress of Trichology em junho deste ano em Chicago. Resultados com 125 voluntários foram apresentados no XVIII Congresso Brasileiro de Medicina Psicossomática em Outubro, aqui em São Paulo. Possivelmente uma nova fase do estudo com um número ainda maior de pacientes será apresentado em 2017.
Um dos dados da pesquisa que mais chamou nossa atenção foi o grau de incômodo causado pela queda de cabelos na amostra de 125 voluntários apresentada no Congresso de Psicossomática. Observem o resultado abaixo:  

Pelo que se pode avaliar, mais da metade das pessoas que sofre com queda de cabelo pensa no problema o dia todo, como se a perda de cabelos e os cabelos ralos fosse um fantasma que os assombrasse a maior parte do tempo. Não fosse apenas esta questão, 36% dos voluntários dizem sentir um incômodo intenso com o problema. Dados que creio que são imensamente significativos e que nos mostram que lidar com cabelos não é algo irrelevante como muitos pensam. Além de poder ter por trás uma patologia, um problema de saúde psíquico ou físico que provoca a perda dos fios e que precisa ser tratado, estas informações nos alertam sobre a gravidade do impacto emocional que a perda de cabelos provoca. 
Em nosso estudo estamos avaliando que tipo de impacto é este e como podemos aborda-lo para ajudarmos cada vez mais nossos atendidos. Algo que merece um grande investimento de tempo e dedicação por parte de todos nós, pesquisadores envolvidos no projeto (Amanda Barbeito, Natasha Torlay, Denise Gimenez Ramos e Tatiele Katzer).
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook