ÀS VOLTAS COM O XAMPU BOMBA E COM A IRRESPONSABILIDADE QUE LEVA AO RISCO À SAÚDE

Vivi uma experiência ímpar na última segunda-feira. Mas acho que precisava passar para aprender. Estava em uma das redes sociais da qual faço parte passando os olhos por postagens de um grupo chamado Tudo para Cabelos. Não necessariamente um grupo de profissionais, mas que me chamava a atenção por ser uma troca de informações entre profissionais e leigos. Nunca nenhuma postagem do grupo me fez parar para ler. Sempre dúvidas, resultados de colorações, alisamentos e até mesmo comentários sobre produtos. Costumo ser bem tranquilo nesses grupos, raramente expressando minha opinião pessoal, até que me deparei com uma postagem sobre o tal XAMPU BOMBA por uma dessas "experts" em nada que escrevem apenas para ampliar a já saturada massa de bobagens produzida na net e receber uma chuva de curtidas. Até porque, hoje, o que importa mesmo são quantos "likes" você recebe e a "popularidade" de quem escreve.
A postagem tinha o seguinte conteúdo:

Oi meninas , hoje vou falar do shampoo bomba de monovin A , para quem quer deixar seus cabelos enormes (lembrando que o cabelo normal cresce 1 cm por mês , nunca na sua vida seu cabelo vai crescer 4cm por mês isso não existe se você ver um vídeo ou ler algo assim não acredite!) 
Bom esse shampoo promete crescer o cabelo até 2,5 cm por mês pois ele contém vitamina a pura e isso fortalece o cabelo e ajuda crescer 
O monovin A é usado em cavalos então se você não quiser usar algo assim nem compra ����
Você encontra o monovin A em veterinários ou casas agrícolas, o bepantol líquido é opcional ele vai hidratar seu cabelo e deixar ele brilhoso .
O recomendado é você usar o shampoo por 3 meses e dar uma pausa de 1 mês, aí se VC quiser continuar a usar pode se não , não precisa 
Se você acredita que o cabelo acostuma com o produto recomendo você lavar o cabelo 2 a 3 vezes por semana com o shampoo 
Receita na imagem ( lembrando que o shampoo tem que ser transparente e sem sulfato) 
Eu usei esse shampoo durante 3 meses e meu cabelo cresceu 4 dedos , eu achei o resultado bom porque meu cabelo não cresce de geito nenhum ����
Dúvidas deixem nos comentários!
Se for fazer , ou se já fez comenta oque achou :) bepantol líquido é comprado na farmácia

A internet é um campo livre. Cada um expressa sua opinião como quer, mas não me contive ao ver uma postagem sobre algo tal perigoso à saúde e que poderia causar danos a possíveis leitores que, iludidos com o conteúdo do mesmo, poderiam se expor ao risco de usar a "mistura" milagrosa. Por conta disso comentei:

Cara FULANA, 
VOCÊ ACHA CERTO ficar escrevendo sobre essas misturas QUE SÓ CAUSAM RISCO À SAÚDE DE QUEM USA? 
Seja alguém que ajuda a compartilhar coisas seguras. Você pode fazer um trabalho muito bonito divulgando conhecimento sério e sem risco à saúde. Pense nisso, ok? Só para ter uma ideia do risco que causa esse xampu bomba, leia o texto abaixo escrito pela engenheira química Sônia Corazza, uma expert em cosméticos.
*Colei abaixo dos meus comentários o post fantástico da amiga Sônia Corazza - leiam a seguir:

SHAMPOO “BOMBA”, E QUE BOMBA!

Que Nossa Senhora Protetora da Química clareie o conhecimento do mundo!

Todo dia leio absurdos impensáveis nos blogs de algumas meninas “metidas a químicas”. Acabo deixando prá lá, porque é tanta bobagem junta, que dá até dor de estômago. Mas hoje não consigo ficar quieta....

Meu amigo Selmo Araujo, profissional de uma capacidade incontestável, sugere que eu fale sobre a receita do “Shampoo Bomba”, vem de uma dessas fedelhas que ensinam a misturar qualquer shampoo sem sal com Monovin A e Bepantol.

Vamos esclarecer a sequência de absurdos:

1- “Qualquer” shampoo significa que a blogueira não tem a mínima ideia do caráter iônico nem a composição complexa desse tipo de fórmula. Será que “qualquer” shampoo usa alquil sulfatos? Em caso positivo, tais tensoativos já contem cloreto de sódio como subproduto de reação. Considerado que 99% dos shampoos comercializados no mundo contém alquil sulfatos, notadamente laurel éter sulfato de sódio, a blogueira deveria ser mais cautelosa, pois comprar “qualquer” shampoo sem sal vai ser bem difícil.

Quais são os outros componentes da fórmula de “qualquer” shampoo”? Será que vai haver alguma incompatibilidade iônica ou química com os ingredientes do Monovin A ou do Bepantol? Hummmmmmmm, boa pergunta!

2- Nada contra o produto comercial Monovin A. Trata-se de vitamina A, em veículo OLEOSO, para uso VETERINÁRIO. Porém o “qualquer” shampoo é uma fórmula AQUOSA, mais um inconveniente para que a fórmula do shampoo BOMBA seja viável.

Monivin A é um produto para uso injetável em GADO e outros animais de grande porte, com algum desses sintomas:

Afecções oculares: conjuntivites, querato-conjuntivites, xeroftalmia e cegueira noturna (hemeralopia), em caninos, felinos e bovinos.
- Diarréias, andar vacilante e incoordenado, levando a paralisia das patas, traseiras; posição anormal da cabeça, observando-se nas carências mais acentuadas a cegueira noturna (hemeralopia), em suínos; 
- Transtornos nervosos com incoordenação muscular, passo vacilante e ataques convulsivos em bovinos, eqüinos e ovinos; 
- Esterilidade, abortos ou partos com fetos mortos em suínos e bovinos.
- Sintomas gerais: como afecções cutâneas e pêlo sem brilho.

Se vc é uma “vaca” ou “porca” e seu pêlo está sem brilho, vale a pena falar com seu veterinário sobre esse medicamento injetável.

Mas se vc faz parte do gênero humano, saiba que a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária impõe regras rígidas sobre o uso de vitamina A e seus derivados em cosméticos. Se quiser saber mais, veja aqui:
http://www.anvisa.gov.br/cosmeticos/informa/parecer_retinoides.htm

3- Amo Bepantol! Trata-se de uma família de formulações muito bem feitas, trabalhei nestes projeto para a Bayer por pelo menos 3 anos e sou fã da linha inteira. Aliás sinto-me até responsável por parte do sucesso que a linha faz devido ao meu trabalho para colocar os produtos na seara cosmética.

Mas não se pode misturar nenhum produto da linha Bepantol com nada, pois as fórmulas são equilibradas para oferecer seus benefícios como foram concebidas. Isso significa que o sistema de conservantes usados garante a segurança contra o ataque de microorganismos nocivos pelo prazo de validade que está escrito na embalagem. Todas as outras categorias de ingredientes químicos também foram calculados, equilibrados e testados para garantir eficácia e segurança.

Sabe o que acontece quando se mistura um produto com qualquer outra coisa?

A sua segurança toxicológica vai para o lixo!

Além da contaminação com bactérias, fungos e outros bichos que vc não enxerga, a sua pele, couro cabeludo e mucosas ficam suscetíveis a sensibilização e vc pode desenvolver reações de irritação cutânea, erupções, vermelhidão, coceira, descamação e mais uma lista imensa de manifestações de desconforto.

Quem testou a eficácia dermatológica dessa fórmula? Quem comprova que vai funcionar? Qual laboratório de teste clínico fez esse estudo? Quem avaliou a estabilidade físico-química dessa fórmula? E o desafio microbiano, chamado Challenge test do sistema conservante, quem fez?

E sabe com quem vc reclama, fala, pede explicação? Com a blogueira! Afinal nem a Bayer, fabricante do Bepantol, nem a empresa fabricante do “qualquer” shampoo, nem a Groline, produtos pecuários, nenhuma destas empresas, nem seus químicos são responsáveis por essa fórmula, que vc há de convir, realmente é uma “BOMBA”!

Pessoal, esqueçam essas receitas “milagrosas”! As empresas sérias investem tempo, recursos financeiros e contratam químicos éticos, detentores de conhecimento real acumulado numa vida para formular produtos seguros e eficientes. Se algum “milagre” cosmético for possível, vai sair dos laboratórios qualificados de profissionais com essa capacidade.

Não demorou muito tempo e a autora da postagem me respondeu com a delicadeza de uma manada de elefantes nos seguintes termos (além do quase assassinato da língua portuguesa que não vem ao caso aqui):

+Ademir Júnior primeiro não to mandando ninguém usar segundo eu usei não aconteceu nada usa quem quer n to obrigando a ninguém fazer isso ta preocupado? Não usa ! Você não manda em ninguém quem quiser usar eu recomendo :) não dou a minima pra sua opinião, obrigada de nada!

Bem, não dei mais corda. Me abstive de entrar em discussão com a "expert" em cabelos e dei o caso por encerrado, afinal, faz quem quer, como ela disse, e eu não vou investir meu tempo em virar fiscal de conteúdo da internet na ilusória tentativa de salvar o mundo das maluquices que são postadas na rede. Mas algumas coisas me chamaram a atenção. Vivemos em uma sociedade em que a saúde e a integridade do indivíduo tem menos valor do que os desejos e apelos estéticos. As pessoas tem sua opinião e ainda que estejam colocando outras em risco tomam por base a sua experiência pessoal para dizer que algo não faz mal. Seria o mesmo que dizer que alguém fumou crack 1 apenas vez, não viciou, e por isso fica ai a opinião dela de que como não deixou ela viciada pode ser que não deixe outras pessoas viciadas também, então, porque não experimentar, certo? Não! Errado! E muito errado. Sendo leigos ou sendo profissionais com o mais elevado nível de formação temos que ser responsáveis e nos basear no que cientistas e especialistas já estudaram sobre o tema antes de sair expondo outras pessoas ao risco. Quem será o responsável pela saúde de alguém que opta por escutar uma pessoa qualquer induzindo ao uso de algo que causa risco à saúde? Provavelmente não vai ser esta "qualquer", e sim o médico que irá atender o desdobramento da irresponsabilidade da autora do post e da leitora que aceitou a "sugestão" (e fez porque quis). 
Vivemos em uma sociedade doente. É triste, mas é a realidade. 
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook