SINERGIA - por que a associação de recursos pode dar melhores resultados no tratamento da calvície?

   Assisti a uma aula do Dr. Ademir Jr no curso de Tricologia Básica (que a propósito acontecerá novamente nos dias 27.08 e 03.09, informações no link http://www.caeci.com.br/course/novo-curso-tricologia-basica-online/) quando vi pela primeira vez uma imagem que ele próprio havia desenvolvido. Trata-se de um gráfico, que reproduzo abaixo, que representa as possibilidades do paciente com calvície quando decide por iniciar ou não um tratamento, são elas: 1 - progressão da doença (intensificação gradativa dos sintomas), 2 - estabilização dos sintomas ou 3 - reversão parcial do quadro. Se você tem calvície (alopecia androgenética), imagino que seu desejo com o tratamento seja a opção 3 = reversão, o máximo que possível, do quadro.
Possibilidade de resultado do paciente com calvície quando
opta ou não pela adesão ao tratamento.
  A situação 1 do gráfico (redução da quantidade de cabelo) ocorrerá inevitavelmente se você não procurar tratamento. A má notícia é: ela também é uma possibilidade caso você receba a indicação de um tratamento inadequado. Mais um motivo para sempre procurar bons profissionais, com expertise na área.
  A situação 2 do gráfico (estabilização do quadro de calvície) nunca será alcançada sem uso de medicamentos, pois como a alopecia androgenética é uma questão, como o próprio nome diz, geneticamente determinada e crônica, uma vez que os sinais da doença estão instalados ela não para de progredir sem auxílio de tratamento. A situação 2 do gráfico também será a realidade de alguns pacientes que estiverem em tratamento, porque infelizmente nem todos os pacientes respondem da forma como gostaríamos (situação 3). Ainda assim esta pode ser considerada uma situação de sucesso do tratamento uma vez que impede a progressão da doença. POR ESTE MOTIVO É TÃO IMPORTANTE INICIAR OS TRATAMENTOS PARA A CALVÍCIE TÃO LOGO SURJAM OS PRIMEIROS SINAIS.
  A situação 3 do gráfico é a que todos os profissionais e pacientes desejam. Uma estabilização do quadro seguida de recuperação parcial da densidade capilar. Para que isso seja possível, sem dúvida alguma precisaremos unir todas as forças possíveis para ganhar essa batalha. Infelizmente, quando os profissionais não são especializados na área, as indicações de tratamento são muito restritas e nada personalizadas. Dois são os ativos farmacêuticos indicados aqui no Brasil e no mundo inteiro: minoxidil e finasterida. No entanto, a ciência e a própria experiência de médicos e profissionais que atuam com recuperação capilar tem mostrado que esta é uma tendência no tratamento da calvície à ASSOCIAR RECURSOS QUE ATUEM POR DIFERENTES FRENTES PARA OBTER RESULTADOS MAIS EXPRESSIVOS.
  Para tanto, existem muitas opções de tratamento, são elas:
- Medicações (por via tópica, por via oral e mesoterápica = injeções no couro cabeludo --> leia mais neste e neste post)
- Cosméticos de aplicação tópica
- Laser terapêutico (leia mais neste post)
- Laser de alta potência (leia mais neste post)
- Microagulhamento
- Microcorrentes
- Técnicas manuais: drenagem linfática (leia mais neste post), reflexologia crânio-facial
Slide apresentado pelo Dr Ademir Jr durante sua palestra no
 CIT 2015 abordando o tema TRICOLOGIA VETORIZADA.
  A medicação é indispensável a todos os pacientes que apresentam sinais clínicos de alopecia androgenética e normalmente deve ser administrada por duas vias diferentes: tópica (loções capilares que devem ser aplicadas sobre o couro cabeludo) e oral. Para tanto, nada melhor do que um médico bem preparado para avaliar o quadro, firmar o diagnóstico e fazer a prescrição mais indicada para as necessidades de cada paciente. Nada contra os suplementos vitamínicos e minerais industrializados, tampouco os medicamentos que contém uma única substância, mas a associação de ativos farmacêuticos e/ou cosméticos visando a SINERGIA costuma surtir resultados mais satisfatórios. Sinergia, conforme dicionário informal, é AÇÃO OU ESFORÇO SIMULTÂNEOS, COOPERAÇÃO, COESÃO; TRABALHO OU OPERAÇÃO ASSOCIADOS. É isso que visamos quando propomos ao paciente a associação de diferentes técnicas e/ou recursos em qualquer área da saúde/estética corporal, facial e, neste caso, capilar. Dr Ademir Jr costuma dar a esta mesma ideia o nome de VETORIZAÇÃO, como você pode ver na imagem acima durante sua palestra no CIT 2015.
 Uma vez que o diagnóstico médico está definido e a prescrição medicamentosa foi feita, há então a possibilidade de associar não só uma técnica, mas especialmente outro profissional para auxiliar nos cuidados com este paciente. É aqui que entram os terapeutas capilares, tecnólogos em estética e cosmética, fisioterapeutas, biomédicos, farmacêuticos. O que devemos manter em mente é que o objetivo maior do profissional deve compactuar com o do paciente: OBTER MELHORA DO QUADRO CAPILAR. Cliente/paciente bem atendido e satisfeito é cliente/paciente fiel. Então a dica de hoje para os profissionais é: ENTENDA QUE SEU PACIENTE PODE SER BENEFICIADO PELA ASSOCIAÇÃO DE RECURSOS VISANDO A UM MESMO OBJETIVO. SE VOCÊ NÃO DISPÕE DE TODAS AS POSSIBILIDADES DE TRATAMENTO (ou mesmo habilitação para tal), TENHA PROFISSIONAIS PARCEIROS PARA OS QUAIS POSSA INDICAR SEUS PACIENTES. Para os clientes/pacientes: A SAÚDE DO SEU COURO CABELUDO E DOS SEUS CABELOS DEPENDE DA SUA SAÚDE DE MANEIRA GLOBAL E DO SEU EMPENHO DURANTE O TRATAMENTO. A ASSOCIAÇÃO DE TÉCNICAS PODE LHE FORNECER UM RESULTADO MAIS SATISFATÓRIO DO QUE APENAS UMA DELAS.

 Para finalizar por hoje, gostaria de comentar rapidamente sobre o III Congresso Internacional de Tricologia e Ciência Cosmética da International Association of Trichologists, o CIT 2015, que aconteceu entre os dias 26 e 29 de julho. Este evento foi um grande sucesso! Um público enorme (mais de 300 pessoas), profissionais de gabarito como ouvintes, convidados e palestrantes e muitas coisas novas para serem pensadas e trabalhas. Um apanhado geral do congresso pode ser lido neste post do Dr Ademir Jr. Para não deixar passar em branco, compartilho com o leitor quatro momentos especiais nas fotos abaixo. Muito obrigada por todos que prestigiariam este evento!
Os palestrantes Dr Alexandre Feldmann (SP) e Dra Vivian Amaral (RJ), Dr Ademir Carvalho Leite Jr e eu.
Minha palestra teve como tema "A cosmetologia frente ao envelhecimento capilar"
Comissão organizadora do CIT 2015!
Um grande evento como o CIT 2015 é também sinônimo de oportunidades únicas como esta: uma mesa repleta de 
excelentes  profissionais! Da esquerda para a direita:  professor Dr Jones Agne (RS), tricólogo Miguel Cisterna (Argentina),
 Dr Bruno Bernard (França), professor David Salinger e sua esposa,  Sue (Austrália),  Dra Alexandra Espinal e seu esposo Miguel (República Dominicana), Dra Vivian Amaral (RJ), Dra Graciela Cuomo  (Argentina),  Dra Laura Bovcon (Argentina), eu, Dr Ademir Jr e  professor Celso Martins Jr.
Até a próxima!

Profa. Tatiele Katzer
Farmacêutica (CRF-RS 14858)
Doutoranda em Nanotecnologia Farmacêutica (UFSM-RS)
Mestre em Ciências Farmacêuticas (UFRGS-RS)
Professora do curso de Estética e Cosmética da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC-RS)
Professora de cursos de pós-graduação na área de Cosmetologia e Tricologia (ABT, IESA, UNISC)
Atua com terapia capilar e estética facial e corporal no Lótus Centro de Saúde (Santa Cruz do Sul - RS)
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook