MUITO CUIDADO NA HORA DE ESCOLHER SEU CURSO DE TERAPIA CAPILAR E TRICOLOGIA

Ando preocupado com a infestação de cursos na área de terapia capilar e tricologia. Gente mal preparada ensinando profissionais que em breve estarão no mercado com uma formação abaixo da  ideal, ostentando certificados de cursos ministrados por gente com pouca experiência e que não tem preparo algum para passar conhecimento adiante. 
Sei que esse é um fenômeno que acontece em todas as áreas, mas fico preocupado quando acontece numa área vinculada à saúde. Em minhas aulas costumo dizer que a tricologia aproxima a saúde dos espaços de beleza e a beleza dos espaços de saúde. Logo, falar em terapia capilar e tricologia é algo que certamente exige muita responsabilidade. E tem gente ensinando terapia capilar e tricologia com foco em se aproveitar do crescimento dessas áreas de atuação, mas sem o comprometimento científico que essas disciplinas merecem. 
O resultado, num futuro próximo, pode ser catastrófico e os profissionais que não forem bem treinados estarão correndo um sério risco de virem a ter problemas com seus clientes e, legalmente falando, para si mesmos. 
Há cursos ministrados por gente que não tem formação em área de saúde ensinando como prescrever medicamentos e como utilizarem métodos que são exclusivos da área da saúde. Isso, além de arriscado, é proibido e deve ser combatido. E, assim como já tivemos muitos problemas com profissionais sem preparo na área de estética, que se atreveram a realizar procedimentos que não eram de sua área de atuação e que atuaram de forma ilegal trazendo complicações severas a seus clientes, em breve teremos sérios problemas na área capilar. 
Aqueles que querem fazer cursos de terapia capiar e tricologia devem se informar sobre que instituições estão por trás de seus cursos. Entrem em seus sites, conheçam os profissionais que são responsáveis por essas instituições, vejam a idoneidade das mesmas, procurem saber sobre o conteúdo programático dos cursos e, antes de mais nada, vejam se as instituições envolvidas respeitam a ética que rege cada uma das profissões que estão vinculadas à terapia capilar e tricologia. 
Evitem se basear apenas em redes sociais. O Facebook é hoje um campo aberto e livre para a difusão de todo e qualquer tipo de informação e marketing tendencioso. Infelizmente tenho visto muitos cursos no Fabebook com "professores e pseudomestres" sobre os quais tenho informações em relação a condutas antiéticas. 
E quando falo em "pseudomestres", nao estou falando nenhuma bobagem. Há muita gente que tem assumido o título de mestre sem nunca ter feito mestrado. Há muita escola que oferece curso de pós graduação sem ter o curso vinculado a uma instituição de nível superior que o registre junto ao Ministério da Educação. Há escolas que não diferenciam pós graduação de cursos de extensão, atualização ou aperfeiçoamento. 
Prestem atenção em cursos que o próprio nome soa estranho. Estes dias me deparei com um curso cujo nome era Tricoterapia capilar. O termo "trico" vem do grego e quer dizer cabelo. Terapia está vinculado a cuidados, exemplo: cuidado com os cabelos, cuidado com a saúde. Não há necessidade de utilizar o termo "capilar" depois da palavra tricoterapia pois isso se trata de um erro gramatical conhecido como redundância, ou seja dizer a mesma coisa duas vezes. Se o próprio nome da formação já carrega um erro gramatical, isso já me faz pensar no tipo de conhecimento que é oferecido no curso. 
Infelizmente, esse é o cenário que tenho observado e que tem me deixado preocupado e assustado. Insisto, se o leitor quer fazer um curso com validade, que seja sério e que possa te ensinar sobre terapia capilar e tricologia com conteúdo de qualidade, dentro de conceitos éticos e respeitando as áreas de atuação de cada uma das profissões, fique atento ao que você encontra por aí. Só se inscreva em escolas e instituições que sejam confiáveis e que tenham pessoas sérias como responsáveis. 
Escolher um ambiente de ensino ou um curso para que você possa praticar algo novo e dar um upgrade em sua carreira é algo que exige muito cuidado. Saiba escolher para que sua formação e trabalho como profissional seja motivo de orgulho e não de frustração. 




SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook