PORQUE SEU CABELO MUDA TANTO DE UM DIA PARA OUTRO

Você já parou para pensar em porque seu cabelo muda tanto de um dia para o outro? 
Pode ser que sim, pode ser que não. Mas pessoas que sofrem com queda de cabelo certamente tem essa impressão mais facilmente pois cabelos ralos, quando mudam podem dar a impressão de maior ou menor visualização da área de rarefação capilar. 
Há muitos motivos para que seu cabelo pareça estar mais cheio hoje e menos volumoso amanhã. E, ainda que você tenha queda capilar ou esteja tratando da calvície, isso não tem nada a ver com a quantidade de cabelos mudando de um dia para o outro de fato, exceto em exceções como a quimioterapia, intoxicações ou mesmo a alopecia areata. Mas nesses casos, a mudança na percepção capilar não é uma impressão, é um fato, e raramente o paciente vai acreditar que no dia ou na semana seguinte seu cabelo esteja melhor pois qualquer tipo de recuperação capilar costuma ser morosa, demorada e gradativa. 
Vamos a alguns dos motivos para que seu cabelos pareçam diferentes de um dia para o outro:
1 - temperatura da água na lavagem - que estimula secreções do couro cabeludo.
2 - tratamento da água em cidades diferentes - podendo promover desidratação capilar.
3 - frequência de lavagem - o intervalo entre as lavagens interfere no conteúdo de sujidade ou secreções acumuladas nos fios de cabelo e no couro cabeludo.
4 - tipo de cosmético utilizado para lavar os cabelos - pode reduzir o volume dos fios ou provocar impressão de mais massa capilar.
5 - uso de produtos para modelar ou pentear - interferem no aspecto visual podendo causar ilusão de mais ou menos cabelo.
6 - corte dos cabelos - certos cortes favorecem a impressão de mais ou menos volume capilar.
7 - químicas - redutores de volume acabam por favorecer a impressão de menos cabelos.
8 - uso de mecanismos de calor - quando aplicados próximos ao couro cabeludo podem aumentar as secreções do mesmo e reduzir o volume dos cabelos. Quando aplicados nos fios podem dar impressão de mais ou menos cabelos de acordo com a forma que forem utilizados.
9 - tipo de escova ou pente utilizado - algumas escovas aumentam a eletricidade estática dos fios de cabelo favorecendo a impressão de cabelo mais volumoso.
10 - qualidade da alimentação - alimentação rica em alimentos que estimulam a produção de radicais livres e/ou estimulam a secreções do couro cabeludo podem interferir na percepção de volume capilar.
11 - uso de certos medicamentos  que reduzam ou aumentem as secreções do couro cabeludo.
12 - doenças - certas doenças como a síndrome dos ovários policísticos podem aumentar a oleosidade do couro cabeludo promovendo impressão de menos cabelos.
13 - período do ciclo menstrual - as fases do ciclo menstrual podem mudar o padrão de produção de secreções pelo couro cabeludo interferindo na sensação de volume capilar. 
14 - sudorese - via de regra umedece os cabelos reduzindo a impressão de volume, como ocorre com os cabelos molhados.
15 - umidade relativa do ar - aumenta o frizz do cabelo podendo interferir na percepção de volume do mesmo.
16 - clima em geral - o clima pode interferir não apenas nas secreções do couro cabeludo como também agir diretamente sobre a fibra capilar provocando mudanças na impressão sobre as mesmas.
17 - vento - costuma ressecar o cabelo.
18 - água do mar - resseca os cabelos e aumenta o frizz.
19 - tipo de tratamento da água de piscina - piscinas tratadas com cloro costumam desidratar os cabelos e interferir na aparência dos mesmos.

Conheça o meu trabalho, acesse o site Dr Ademir C Leite Júnior clicando no link abaixo:
www.ademirjr.com.br  
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook