Pacientes e conflitos - Como isso impacta o tratamento das quedas capilares - PARTE 1

Tenho observado um conjunto de situações que me fazem refletir sobre como pacientes podem viver conflitos diante de situações que envolvam os tratamentos das quedas capilares.
É natural que muitas das pessoas que procuram um tratamento médico, e isso vale para qualquer especialidade, já possam ter feito uma pesquisa prévia sobre seus problemas dada a facilidade de informações que hoje podemos obter através da mídia e da internet. Há sempre a chance de conhecermos amigos, parentes, colegas que tenham histórias pessoais ou de conhecidos sobre determinadas doenças e que compartilham informações sobre as mesmas, além das possibilidades de tratamentos, incluindo os riscos dos mesmos. 
Informações são sempre muito bem vindas, em especial quando falamos de saúde, mas há sempre um contraponto que precisa ser observado quando diante delas. De que forma elas podem nos servir positivamente ou atuar de maneira negativa em nossas vidas? Não quero que pensem que sou favorável à ignorância, que não temos que nos informar, mas é sempre muito importante refletir sobre as informações que nos chegam, e quem sabe discutir sobre elas com quem entende. No caso de informações sobre saúde, sempre com profissionais da área. 
Sabemos que há muito conteúdo na internet que mais desinforma do que informa de maneira adequada. Há muita opinião pessoal, uma vez que a internet é um campo livre e democrático para expressarmos nossas opiniões. E é ai que existe o risco.
Sites não especializados e fóruns de discussão podem até ter muita informação boa, mas não são livres de conterem informações contaminadas, espaços comprados por empresas ou comentários baseados nas fantasias e projeções de quem ali posta. Para falar a verdade esses são os conteúdos mais frequentes.
Falando especialmente em fantasias e projeções de pessoas com problemas de saúde e que postam suas opiniões na internet, fica muito evidente que todos nós temos expectativas sobre resultados de tratamentos. Mas na verdade é muito comum, em especial quando falamos de tricologia, que as pessoas esperem resultados em curto período de tempo, soluções milagrosas para a queda capilar e para o crescimento dos fios, de preferência de uso fácil e com pouco ou nenhum efeito colateral e que se toma por um tempo e o resultado dura para toda a vida. Essas são fantasias ou projeções que estão vinculadas, em especial à ansiedade que os problemas capilares geram e ao medo de ficar sem os cabelos, mas que quem trabalha na área sabe que são muito difíceis de existirem no mundo real. Não existe fórmula milagrosa, apenas boa prática da ciência e bom senso. 
Também é importante avaliarmos com cuidado as informações que nos chegam através das nossas conversas com conhecidos. Sempre haverá nelas uma opinião pessoal embutida nesse conteúdo e que pode estar relacionada com a emoção que a informação carrega. Alguns exemplos sobre esse tipo de situação serão apresentados ainda nesse texto.
Para finalizar a primeira parte desse texto, gostaria de dizer que hoje há muita informação e pouca reflexão sobre elas. As pessoas parecem aceitar tudo o que é escrito ou anunciado na mídia de massa como uma realidade, e não é assim. Vou fazer um convite a você leitor, para que reflita. A começar por refletir sobre esse texto que acaba de ler. Leia sobre pontos de vista diferentes. Estude. Procure coerência nas informações que chegam até você. E chegue às suas próprias conclusões.
Depois, se for o caso, converse com um profissional de saúde. Tire suas dúvidas com ele. Deixe ele te orientar, comentar com você sobre as opiniões e as experiências vivenciadas por ele acerca do tema em questão.
Também convido a todos para postar comentários aqui no blog se acharem que devem. Serão bem vindos.
E voltem para ler a parte dois e três desse texto que serão postadas nos próximos dias.
Um grande abraço,
AdeJr


SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook