Seus cabelos enfraqueceram?

Seus cabelos enfraqueceram?
13 de maio de 2012

Ao longo da vida os cabelos podem passar por processos de enfraquecimento. É muito comum este relato por parte dos pacientes, e a avaliação minuciosa do problema pode promover um melhor entendimento do quadro.

As mais comuns causas de enfraquecimento capilar são intrínsecas, ou seja, causadas por problemas de saúde ou questões relacionadas aos hábitos dos pacientes. Como exemplos posso citar o hipotireoidismo, níveis baixos do estoque de ferro (ferritina) e condições de saúdes comprometidas (doenças crônicas, degenerativas ou de difícil tratamento).

Problemas capilares em si, como a alopecia androgenética, podem se manifestar com enfraquecimento dos cabelos, sendo esta uma condição que o médico deve estar atento no momento do diagnóstico.

Pacientes com uma alimentação inadequada, que fazem dietas rigorosas ou que passaram por cirurgias bariátricas e que não seguem as orientações da equipe médica e de nutrição normalmente acabam com os cabelos enfraquecidos. O principal ponto que devemos lembrar aqui é que emagrecer de forma bem orientada e com o auxílio de profissionais de saúde é sempre essencial.

Um destaque deve ser feito para pacientes que cursam com anorexia ou bulimia e que podem vivenciar o problema por questões nutricionais, mas que devem ser efetivamente tratadas por profissionais da área da psiquiatria, psicologia e nutrição. O dermatologista ou médico que atua em tricologia pode acompanhar o quadro cutâneo e/ou capilar, mas o tratamento dessas doenças deve sempre ser conduzido por psiquiatras e/ou equipes multidisciplinares.

Alguns medicamentos podem causar enfraquecimento capilar. E agentes físicos em excesso como radiação ultravioleta solar, secador e chapinha também enfraquecem os cabelos. As químicas capilares em excesso ou feitas sem os devidos cuidados também motivam o surgimento do problema.
Os cuidados com o enfraquecimento capilar estão sempre relacionados à eliminação ou tratamento das causas do problema. Por isso, paciente e médico tem que estar engajados no entendimento do processo. Ao paciente cabe a sinceridade no momento da consulta e a boa disciplina no tratamento.
Ao médico cabe a boa interpretação das informações de história clínica, exames físicos e complementares, além de uma prescrição que atenda a correção das causas e a melhora dos sinais clínicos em si.

Salvo raras exceções, o problema do enfraquecimento capilar tem tratamento e pode ser revertido.
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook