Queda de cabelo por deficiência de zinco



Queda de cabelo por deficiência de zinco
4 de julho de 2012

Em março deste ano a publicação Dermatological Therapy trouxe um artigo sobre a avaliação de cinco pacientes que foram tratados com reposição de zinco após apresentarem quadro de eflúvio telógeno causado pela deficiência desse mineral. A avaliação, realizada em uma universidade do Japão, foi taxativa em dizer que a reposição de zinco para esses pacientes foi 100% efetiva em reduzir a perda capilar.

Além de algumas formas de cirurgias da obesidade que causam deficiência de zinco, há situações de deficiências em pacientes que ingerem pouco zinco na alimentação, pacientes que apresentam problemas digestivos de absorção desse mineral, aumento da perda de zinco pelas vias digestiva e urinária, além do uso de medicamentos que interferem na absorção e aumentam a perda do zinco.

O zinco é um mineral essencial, pois está presente em uma grande parte de nossos hormônios, moléculas sinalizadoras (mediadores químicos) e enzimas. No que diz respeito à saúde capilar o zinco é importante para a boa atividade de metaloenzimas, sinalização celular e imunomodulação. Todas essas situações estão envolvidas na promoção do crescimento de um cabelo saudável e melhor controle da queda.

Referências:
Karashima T, et al. Oral Zinc therapy for zinc deficiency-related telogen effluvium. Dermatol Ther. 2012; 25(2):210-213.
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook