Mulheres X idade X queda de cabelos

Mulheres X idade X queda de cabelos
16 de novembro de 2010

Podemos perceber o aumento importante que tem havido no número de mulheres com pouco cabelo ou ficando calvas. Boa parte das pessoas, principalmente as mulheres, se espanta com este crescente número e passa a se preocupar cada vez mais com este fato, procurando ajuda profissional. O medo de ficar careca é um fato para o sexo feminino e a preocupação é devida à forte relação que as mulheres têm com seus cabelos. Para uma imensa maioria delas, a perda capilar é motivo de desespero.

Em março de 2010, um artigo publicado no European Journal of Dermatology discutiu a queda de cabelos em mulheres após a menopausa. O autor, W Chen, reforça que o envelhecimento dos folículos pilosos afeta o crescimento capilar e a pigmentação dos cabelos, fazendo com que estes apareçam mais fracos, cresçam menos, caiam mais e fiquem brancos.

Segundo Chen, problemas como a alopecia androgenética (calvície genética feminina) costumam aumentar nesta fase da vida, enquanto as quedas causadas por problemas como o lúpus eritematoso discoide tendem a diminuir.

O eflúvio telógeno, queda relacionada aos estresses físicos (gripes, cirurgias, doenças hormonais ou metabólicas, uso de medicamentos, excesso de atividade física) ou psíquicos (depressão, ansiedade, luto, excesso de trabalho) tendem a ocorrer em incidência semelhante à que ocorre em outras fases da vida da mulher em virtude da presença dos fatores causais acima citados.

Alopecias do tipo areata tendem a diminuir de incidência a partir da menopausa, enquanto quadros mais raros conhecidos como alopecia fibrosante frontal tendem a aumentar.

O artigo deixa claro que as quedas capilares femininas são multifatoriais. Mais do que isto, aponta o período após a entrada na menopausa como crítico no aparecimento ou piora de alguns problemas relacionados aos cabelos.

Na prática clínica, realmente temos visto uma incidência cada vez maior de queda de cabelos nesta fase da vida da mulher. A implementação de um tratamento rápido e a correção dos fatores causais são importantíssimas para o controle destes casos.

Referências:
Chen W. Hair loss in elderly women. Eur J Dermatol. Mar 2010;20(2):145-151.
SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook