Esteroides anabolizantes e o risco de queda capilar

Esteroides anabolizantes e o risco de queda capilar
6 de fevereiro de 2012





Desde o descobrimento dos reais motivos que levam ao aparecimento da alopecia androgenética - quando foram elucidados os comportamentos dos hormônios andrógenos e de algumas enzimas que atuam transformando estes hormônios em formas mais ativas e potentes deles mesmos - algumas questões envolvendo o uso de esteroides anabolizantes como causadores de queda capilar acabaram ficando mais claras.
Em uma pesquisa sobre o assunto, encontrei alguns artigos que citam os esteroides anabolizantes como medicações de risco para o aparecimento de queda de cabelos androgenética.

Não vou ficar escrevendo sobre os problemas que podem estar associados aos abusos destas substâncias e todo o risco que podem causar à saúde. Revistas, programas de TV, jornais e portais de internet cansam de alertar a população sobre os riscos de doenças do coração e manifestações hepáticas sérias, incluindo o câncer de fígado, relacionados ao uso dos esteroides anabolizantes.

Por outro lado, a cada dia que passa vejo mais jovens (homens e mulheres) se entregando ao uso destas substâncias e que se queixam de queda capilar. Sempre penso se o risco de problemas de saúde com o uso destes produtos vale seu uso. Baseado na revisão que fiz da literatura médica chego à conclusão que não. Realmente não vale a pena.

E apesar de saber que a mídia investigativa explora muito os perigos destas substâncias, principalmente quando temos casos de morte envolvendo o uso delas, o que por si só já deveria servir de motivo para que leigos não as utilizassem, posso garantir que a imagem do corpo perfeito e ideal que nos é vendida pelos próprios meios de comunicação acaba forçando a procura por estas substâncias.

Resultados quase que imediatos com mudanças corporais extremas certamente são perigosos. São perigosos porque não são fisiológicos, não são naturais. Fazem o corpo passar por uma modificação forçada e baseada no uso de substâncias cujos efeitos colaterais são amplos e severos. Há um preço a se pagar por isso.

Queria eu poder chamar a atenção de apenas um leitor desse blog que estivesse interessado em usar anabolizantes e fazê-lo concluir que se trata de algo perigoso e desnecessário. Se não pelos riscos à saúde que podem levar inclusive à morte, que pelo menos possa ser por chamar a atenção deste leitor sobre a questão que envolve a aceleração de uma calvície já iniciada ou o fato de que anabolizantes podem fazer surgir a calvície naqueles que já tem predisposição a ela.

Referências:
- Clin Ther. 2001 Jun;23(6):789-801;
Review of oxymetholone: a 17alpha-alkylated anabolic-androgenic steroid.
Pavlatos AM, Fultz O, Monberg MJ, Vootkur A, Pharmad
- Drug Saf. 1994 Apr;10(4):310-7.
Drug-induced hair loss and hair growth. Incidence, management and avoidance.
Tosi A, Misciali C, Piraccini BM, Peluso AM, Bardazzi F.
- Cutis. 1992 Aug;50(2):113-6.
Effects of anabolic-androgenic steroids on the pilosebaceous unit.
Scott MJ 3rd, Scott AM.
- Cutis. 1989 Jul;44(1):30-5.
Dermatologists and anabolic-androgenic drug abuse.
Scott MJ Jr, Scott MJ 3rd.
Fonte da Imagem: Jornal O Dia
Posted 6th February 2012 by

SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook