É a mente de vocês que está em movimento...

O livro As 14 Pérolas Budistas é uma publicação da Brinque-Book. Encontrei na área de livros para crianças da Livraria da Vila ontem e não pude deixar de juntar ele a uma seleção de uns 10 livros que levei comigo até a cafeteria da loja para folhear enquanto eu tomava um café e minha filha sorvia com avidez um suco de maçã com gengibre. 
Ilan Brenman, o autor, apresenta pequenas histórias budistas com belos ensinamentos em uma linguagem fácil e prazerosa de ler. Posso garantir que o título e as ilustrações de Ionit Zilberman que dão um colorido ainda mais especial às histórias do autor chamaram muito mais a minha atenção do que a da minha filha que, por conta da idade, ainda se encanta com livros que tenham menos texto e uma interatividade diferente. 
Vou transcrever aqui uma das histórias ali contadas. Linda, simples e que me fez parar para pensar em muitos de nossos eventos de vida. Em especial aqueles que envolvem as pessoas que respeitamos e amamos, mas que, em virtude de sua bagagem pessoal e de sua maneira de olhar a vida e o mundo, pensam diferente de nós. Para esses casos o texto nos convida a pensar que nenhuma das partes é dona da verdade, apenas nossa mente é que vive em vibrações diferentes das pessoas com as quais convivemos. Algo completamente natural, mas que deveria ser motivo de maior compreensão, tolerância e entendimento. 

A BANDEIRA
Num final de tarde friorento, dois monges observavam tranquilamente uma bandeira tremular num mastro de madeira. 
- A bandeira está se movendo - disse um dos monges, em tom manso e reflexivo.
O companheiro ouviu aquele comentário com um ar sério, e depois de alguns segundos respondeu:
- Você está enganado. O vento é que está se movendo.
De repente, os dois monges ouviram uma respiração mais forte por trás de suas costas. Voltaram-se e viram o mestre, que lhes disse:
- Os dois estão enganados. Não é a bandeira nem o vento: é a mente de vocês que está se movimentando.
O mestre foi embora logo que acabou de falar. Os dois monges passaram horas, dias, meses e anos refletindo sobre aquelas palavras. 

Convido aqueles que tiverem outras opiniões ou que quiserem fazer qualquer consideração sobre o  texto, que as postem aqui como comentários. 
Por fim, o livro pode ser encontrado em versão virtual na App Store no endereço:


SHARE

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Comentários Blogger
    Comentarios Facebook